A segunda edição do festival em 2018 ocupa a capital fluminense com debates, atividades e shows musicais para promover mobilização e conscientização sobre sustentabilidade

A partir do dia 7 de junho, o Rio de Janeiro recebe a edição 2018 de sua Virada Sustentável. A Virada é um movimento de mobilização para a sustentabilidade que organiza o maior festival sobre o tema no Brasil. O evento sediado na capital fluminense é o segundo do ano: o primeiro foi realizado em Porto Alegre e os próximos estão previstos para Manaus, Salvador e São Paulo, onde a iniciativa começou, em 2011.

A concepção temática da Virada Sustentável é, hoje, baseada nos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2015. Os ODS são um acordo firmado por todos os Estados-membros da ONU e envolvem empresas e cidadãos para cumprir o objetivo erradicar a pobreza, garantir segurança alimentar para todos e proteger o planeta de ameaças ambientais, entre outras metas, até 2030.

Programação da Virada Sustentável no Rio de Janeiro

A Virada Sustentável no Rio de Janeiro abre com uma prova de regata ecológica com a participação de parceiros e colaboradores do Projeto Grael, na enseada de Jurujuba, em Niterói, onde também será exibido o documentário Baía Urbana, com Ricardo Gomes. No primeiro dia, estão programados debates e painéis sobre igualdade social, segurança pública e mobilidade urbana.

Virada Sustentável. Crédito: Lucas Landau

O painel que oficializa a abertura do evento será realizado na sexta-feira, 8, às 8h30, no Museu de Arte do Rio (MAR). No palco, falarão Daniel Mancebo, da Prefeitura do Rio, Jorge Soto, diretor de desenvolvimento sustentável da Braskem, Shyrlei Rosendo, da Redes da Maré, e Marina Grossi, do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS).

Além de acontecer no MAR, as atividades também serão realizadas por toda a cidade, com destaque para o Museu do Meio Ambiente, no Parque das Figueiras (Lagoa), o Museu da Maré, o Morro do Cantagalo, o Pão de Açúcar e os Arcos da Lapa, onde a cantora Elza Soares fará o show “A Voz e a Máquina” às 21h30 da sexta-feira, dia 8.

São Paulo receberá a terceira edição do evento em 2018 entre os dias 23 e 26 de agosto.

Todas as atividades da Virada são gratuitas, mas é obrigatória a inscrição. Confira a programação completa no site oficial do festival.

Conteúdo publicado em 7 de junho de 2018

O que a Braskem está fazendo sobre isso?

A Braskem é a principal patrocinadora da Virada Sustentável e apoia a iniciativa desde a primeira edição, em São Paulo, em 2011. A empresa acredita em estimular o olhar do cidadão para que ele perceba que pequenas atitudes do dia a dia podem contribuir de maneira importante para a sustentabilidade do planeta. A Virada é um festival anual de mobilização e educação que tem como objetivo ampliar a informação sobre sustentabilidade a partir de uma abordagem acessível que usa a arte e a cultura como principais ferramentas de conscientização.

Veja Também

novo

Veja como as cidades se preparam para enfrentar as mudanças climáticas

Veja como as cidades se preparam para enfrentar as mudanças climáticas

O verão de 2003 foi um marco na avaliação dos riscos e consequências das mudanças climáticas. Durante julho e agosto daquele ano, muitas cidades europeias sofreram com a maior onda de calor no [...]

Faces da Lua: saiba o que são o eclipse solar, a Lua azul e a Superlua

Faces da Lua: saiba o que são o eclipse solar, a Lua azul e a Superlua

A Lua é o único satélite natural da Terra, e um dos maiores do Sistema Solar – proporcionalmente ao tamanho da Terra, ela lidera o ranking de nosso sistema estelar. O diâmetro da Lua regista [...]

Mudanças climáticas podem levar matérias-primas da cerveja à extinção

Mudanças climáticas podem levar matérias-primas da cerveja à extinção

O aquecimento global pode colocar a cerveja em risco. A conclusão é do estudo liderado por pesquisadores da Universidade Chinesa de Pequim e da Universidade de East Anglia (Inglaterra), publicado [...]