ASSINE NOSSA NEWSLETTER

O Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, que agrupa mais de 800 sítios arqueológicos e mantém vestígios humanos de possivelmente 50 mil anos, inaugura, em dezembro, o novo museu

No interior do Piauí, com sede no município de São Raimundo Nonato, se encontra o maior conjunto de sítios arqueológicos do Brasil – são mais de 800 deles agrupados dentro do Parque Nacional da Serra da Capivara. O local, que é tombado pela Unesco como Patrimônio da Humanidade desde 1991, está prestes a receber uma nova atração: está prevista para 18 de dezembro a inauguração do Museu na Natureza.

De acordo com a Fundação do Homem Americano (Fundham), que administra o parque nacional e é comandada pela arqueóloga francesa Niède Guidon, o novo complexo cultural vai reunir materiais cujo conteúdo remete desde a criação do universo até o surgimento do ser humano e de sua relação com a natureza.

“Quando fizemos o Museu do Homem Americano, havia também uma parte dedicada aos fósseis, aos levantamentos geológicos e à natureza da região. Mas a coleção humana cresceu tanto que tivemos que retirar a parte da natureza”, explica Guidon em entrevista à revista da Fapesp.

“No novo museu vamos mostrar toda a região e destacar as mudanças climáticas e os eventos geológicos que ocorreram aqui. Até 9 mil anos atrás, tínhamos a floresta amazônica na parte alta da serra da Capivara e aqui na planície era Mata Atlântica. Era o ponto de encontro dos dois biomas. Com as mudanças climáticas, a floresta desapareceu e a Caatinga se instalou. Ainda hoje há espécies animais e vegetais desses dois biomas que sobreviveram aqui”, diz a arqueóloga.

O que estará exposto no Museu da Natureza

Com terreno de mais de 130 mil hectares, o Museu da Natureza terá em seu acervo uma coleção de fósseis encontrados na região, reproduções de animais pré-históricos empalhados em tamanho real, como preguiças gigantes e mastodontes, e um filme sobre o impacto humano no equilíbrio da Terra, narrado por Maria Bethânia.

A construção foi financiada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) ao custo de R$ 13 milhões. “A forma arquitetônica procura replicar uma das pinturas encontradas no local. Serão 4 mil metros quadrados de área construída dentro da área do parque, com visão para um dos atrativos locais, a Pedra Furada – formação rochosa com furo e, sob ela, um auditório onde a Fundham promove eventos culturais”, explicou Luiz Eugenio Ciampi, diretor do escritório responsável pelo projeto, o AD Arquitetura, em entrevista ao site especializado AECWeb.

Próximo ao museu, está prevista a construção de um Hotel & Resort de 29 mil metros quadrados, com vista para o complexo de cânions do parque nacional. De acordo com o projeto, o equipamento turístico terá 128 apartamentos padrão e mais 32 suítes especiais.

Pintura rupestre do Parque Nacional da Serra da Capivara. Crédito: Ministério da Cultura

O que é o Parque Nacional da Capivara

Fundado, oficialmente, em 1979, o parque nacional apresenta um conjunto de chapadas e vales que abrigam sítios arqueológicos com pinturas e gravuras rupestres, além de outros vestígios do cotidiano pré-histórico – já são mais de 30 mil peças encontradas até hoje.

Estes conjuntos de elementos dos povos pré-históricos geram amplo debate sobre sua datação: parte dos arqueólogos defende que foram produzidos 12 mil anos atrás e outra parte afirma que são bem anteriores, com mais de 50 mil anos de história.

Atualmente, há mais de 30 sítios preparados para a visitação, caso das tocas do Salitre, do Boqueirão da Pedra Furada, do Caldeirão do Rodriguez e do Baixão das Mulheres. O acesso pode ser mais simples, de carro, ou exigir do turista vencer trilhas de diferentes níveis de dificuldade. Ao todo, o parque nacional tem mais de 450 quilômetros de vias. No perímetro urbano de São Raimundo Nonato fica o Museu do Homem Americano, que abriga ferramentas, cerâmicas e vestígios arqueológicos do ser humano no continente.

Conteúdo publicado em 4 de janeiro de 2019

Veja Também

Quem é Greta Thunberg, ambientalista de 16 anos cotada ao Nobel da Paz

Quem é Greta Thunberg, ambientalista de 16 anos cotada ao Nobel da Paz

Desde agosto de 2018, ainda com 15 anos, Greta Thunberg, todas as sextas-feiras, faz greve de aula e troca a escola pelo prédio do parlamento sueco, em Estocolmo. Ela chega às 8 da manhã em [...]

Acessibilidade no trabalho: além das rampas e elevadores

Acessibilidade no trabalho: além das rampas e elevadores

A inclusão de pessoas com deficiência no trabalho tem dois aspectos principais. Um deles é legal: a Lei 8213/91, conhecida como Lei de cotas para deficientes nas empresas, exige a participação [...]

Como o uso de redes sociais impacta nossa saúde mental?

Como o uso de redes sociais impacta nossa saúde mental?

Pesquisas indicam que tempo demais na internet tem relação com aumento da ansiedade e da depressão, mas que redes sociais também têm efeitos positivos. Entenda a mudança de comportamento global [...]