Sustentabilidade. Crédito: pxhere

São Paulo recebe Virada Sustentável entre os dias 23 a 26 de agosto

A edição paulistana do festival em 2018 começa na quinta-feira (23) e ocupa a cidade até domingo (26) com debates, atividades e shows musicais para promover mobilização e conscientização sobre sustentabilidade

A partir do dia 23 de agosto, São Paulo recebe a edição 2018 de sua Virada Sustentável. A Virada é um movimento de mobilização para a sustentabilidade que organiza o maior festival sobre o tema no Brasil. O evento sediado na capital paulista é o quinto do ano: já foram realizadas, em 2018, Viradas em Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Manaus.

A concepção temática da Virada Sustentável é, hoje, baseada nos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2015. Os ODS são um acordo firmado por todos os Estados-membros da ONU e envolvem empresas e cidadãos para cumprir o objetivo de erradicar a pobreza, garantir segurança alimentar para todos e proteger o planeta de ameaças ambientais, entre outras metas, até 2030.

Programação da Virada Sustentável em São Paulo

Serão centenas de atividades, todas gratuitas com inscrição, espalhadas pela cidade. Você pode consultar a programação completa no site oficial do evento.

Confira alguns destaques:

A Virada Sustentável em São Paulo abre, oficialmente, no Rooftop 5 & Centro de Convenções, às 10h de quinta-feira (23), com o painel “Abertura Oficial e Painel Intersetorial de Abertura da 8ª edição da Virada Sustentável São Paulo”, que conta com a presença de Haroldo Machado Filho, assessor sênior do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no Brasil, Alexandre Schneider, secretário municipal de Educação e Marcelo Arantes, VP de comunicação, marketing e desenvolvimento sustentável da Braskem, entre outros convidados.

Em paralelo, será realizado no Unibes Cultural, a partir das 8h30, as atividades do “Diversidade: revelando os vieses inconscientes de gênero e raça nas organizações”, evento que apresenta dois painéis e duas dinâmicas. Às 8h30 da sexta-feira (24), o Unibes Cultural recebe o painel “Os efeitos da 4ª Revolução Industrial na gestão de resíduos”, que começa com uma palestra de Antonis Mavropoulos, presidente da International Solid Waste Association (ISWA), e debate entre Sabrina Gimenes de Andrade, coordenadora geral de resíduos sólidos Ministério do Meio Ambiente, Ederson Munhoz, responsável pela plataforma de reciclagem Wecycle da Braskem, e mais especialistas.

O evento terá mais centenas de atrações, como a coleta de tecidos no Banco de Tecido (Rua Aliança Liberal, 1012), a instalação artística Natureza Morta (Centro Cultural Municipal de Santo Amaro), a oficina de hortas urbanas (CEU São Rafael), a exibição do filme “Chega de Fiu Fiu” (2018), com a presença das diretoras (palco do Parque Ibirapuera), além de atividades infantis, palestras sobre meio-ambiente e ecologia e shows musicais, como o Concerto EMESP, no pátio da Pinacoteca do Estado de São Paulo, e a exibição de “Elza Soares e As Bahias e a Cozinha Mineira”, no palco do Parque Ibirapuera.